NovoGeraçãoBenfica
O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Ou alguém cala o Francisco J Marques, ou eles acabam todos presos!

Avatar
 ●  + 1 comentário  ● 

Depois do passeio de hoje proporcionado pelo "amigo" Fernando Rocha, o Francisco J Marques podia ter ficado calado... mas não, resolveu vir disparar contra o Benfica. 

«Mais cinco carapuças. Depois da conquista da Champions que se viu ontem não foi má a resposta», escreveu, na rede social Twitter, numa alusão aos festejos dos encarnados em Paços de Ferreira. «Mas ainda falta a competente investigação às facilidades concedidas pelo adversário» in A Bola

Depois de O Caso dos emails explicado pelo Francisco J Marques ..., eis que o mesmo Francisco J Marques vem explicar onde assentam as vitórias do seu FCPorto, recuperando a estratégia criminosa já conhecida: Apontar um crime a terceiros, para desviar atenções enquanto fazem o que acusam os outros.

Nem é preciso conhecer o mundo do crime, basta ver policiais americanos na TV...

Reparem que NINGUÉM do Benfica criticou o Portimonense e ninguém sequer tinha levantado questões sobre um Paços que durante 72' esteve com jogadores ricos.

Mas este tonto, ao invés de estar calado, depois de ter ilibado o Benfica no caso dos emails, voltou a "entregar os pontos" ao assumir que as vitórias do seu clube são conquistadas através de "facilidades concedidas".


domingo, 25 de fevereiro de 2018

Missão do #JogodaMala: Deixar o Benfica fora da Champions

Avatar
 ●  + 17 comentários  ● 

Ontem o rosto do Ruben Micael fez-me recordar do Arnold, do Setúbal a chorar que nem uma criança por não ter feito um golo na Luz isolado... bom, na verdade todos sabemos que o rapaz não chorou por não ter feito o golo, mas sim por ter desperdiçado uma soma de dinheiro para ele e para os colegas que não esperava ver na vida tão cedo.

Podem tentar convencer-nos do contrário, mas na minha opinião até aos 72' os jogadores do Paços estavam ricos, beneficiando de dois incentivos externos de dois clubes para quem a primeira missão do campeonato é assegurar o que o SLBenfica fica fica da Champions.

Parece evidente em todos os jogos do SLBenfica, mas principalmente nos jogos seguintes, que os adversários do SLBenfica jogam com um incentivo externo muito significativo. Só que o corpo humano é danado... e depois de um esforço extremo... habitualmente paga-se a fatura das semanas seguintes.

Até aqui, é uma vergonha lamentável... mas infelizmente não há muito a fazer. Quando os clubes não confiam nas suas lideranças para ganhar os seus jogos ou, especialmente, quando temem o SLBenfica... tratam de incentivar os nossos adversários a ganhar-nos.

Na verdade não podemos queixar-nos a ninguém e na verdade ninguém pode fazer nada por isso... Não é crime pagar para ganhar! É apenas uma vergonha indecorosa para clubes da dimensão dos nossos rivais, que estão dispostos a investir muito dinheiro nos clubes que deixarem o SLBenfica fora da corrida para a Champions!

... mas por outro lado, o que se tem passado nos jogos do FCPorto já merece melhor investigação, não fosse o facto de a FPF estar tão comprometida com esse clube ao ponto de não os poder desafiar. Era bonito era... ver o Tiago "Cachecol do Porto" Craveiro e o Fernando "Adjunto do Pinto da Costa" Gomes a pedirem uma investigação ao "seu" FCPorto.

Desde que o FCPorto começou a ter jogadores indisponíveis, especialmente desde a lesão de Danilo - que como todos sabemos é fundamental no jogo do FCPorto -  que os adversários estranhamente ficaram mais macios e as goleadas apareceram.

O clube do Apito Dourado é profissional! Jamais seria possível apanhar o "polvo" a pagar para perderem. Não será assim que fazem porque são mais espertos e experientes do que isso no jogo da mentira desportiva.

Desde a lesão de Danilo, além da complacência da FPF, tenho apontado os clubes que têm estendido a passadeira ao FCPorto, pois acho que vamos todos encontrar algumas curiosidades no mercado de transferências no verão. O FCPorto vai, com muita certeza, lembrar-se que tem jogadores no Chaves, Rio Ave, Estoril e Portimonense que interessarão muito ao FCPorto. Possivelmente nem sequer vão chegar a jogar, como acontece com o Vaná -  que tanto jeito deu no ano passado.

Estou também curioso para ver o que acontecerá nos jogos com Paços de Ferreira, Marítimo e Guimarães... alguém que lembre ao Sr. Pinto da Costa que não vai ser fácil contratar jogadores em tantos clubes!!!

Infelizmente os Presidentes e jogadores destes clubes aparentam prestar uma vassalagem sem precedentes e que, aproveitando a complacência dos lideres da FPF, permitem este "passeio" do FCPorto na Liga.

Noutra dimensão parece estar o SportingCP... continuam absolutamente focados em deixar o SLBenfica em terceiro lugar, ignorando em absoluto toda esta vergonha em torno dos resultados do FCPorto e, com isso, abdicando de lutarem pelo título.

O Presidente do Tetra, qual José Roquette, tornou-se um "Cavalo de Tróia" do Apito Dourado 2.0 que tanto jeito tem dado à estratégia do FCPorto... a cobro da obcessão de deixar o Benfica fora das receitas da Champions.

Como em tudo na vida... Deus não dorme e, como nos outros anos onde o #JogodaMala esteve presente... não passarão!

Aviso aos jogadores do Portimonense: não aceitaremos outro caso Cadorin! Entretanto, o escândalo do Estoril começa a assumir proporções enormes.

Avatar
 ●  + 58 comentários  ● 

Relembro este caso para que todos estejam bem atentos ao que se vai passar hoje em Portimão. Nada me faz acreditar que os jogadores do Portimonense não vão jogar para ganhar...mas basta um deles, como bastava Cadorin.

Relebrando:

"O FC Porto mantém uma ligação obscura com um manager culpado de corrupção em França. Luciano D'Onofrio foi o responsável pela tentativa de suborno ao jogador Cadorin, em 1986. Um ano antes de se sagrar campeão europeu, o FC Porto precisava de corrupção para ganhar nas competições nacionais...

In DN
«Luciano d'Onofrio foi manager do FC Porto na segunda metade da década de 80 e continua a gozar de relações privilegiadas com os campeões nacionais. O presidente Pinto da Costa, aliás, dedica-lhe mais do que uma referência no livro Largos Dias Têm 100 anos.

Entre as polémicas protagonizadas por D'Onofrio no nosso país, o destaque vai provavelmente para a acusação de corrupção e suborno subscrita por outro belga, o jogador Cadorin. Em 1986, o avançado do Portimonense revelou que D'Onofrio lhe prometera 500 contos e uma transferência para o FC Porto ou um clube da Itália ou da Suíça se Cadorin provocasse um penálti no início do jogo Portimonense-FC Porto (o FC Porto, curiosamente, acabaria por perder esse jogo - com um golo marcado por Cadorin).

Contactado em Junho de 2006 para comentar os recentes problemas de D'Onofrio com a justiça francesa, Serge Cadorin recusou-se categoricamente a prestar qualquer declaração on the record. "Vivo em Liège e não quero mais chatices", disse. Serge Cadorin morreu no passado dia 10 de Abril, com 45 anos».

A estranha explosão que quase tirou a vida a Cadorin:
"Cadorin estava na sua residência e misteriosamente houve uma explosão de gás, que quase terminou com a sua vida. A explosão ocorreu no ano a seguir a ter denunciado a tentativa de aliciamento por parte do FC Porto e Luciano d'Onofrio, amigo de Pinto da Costa". 

Cadorin estava na sua residência e misteriosamente houve uma explosão de gás, que quase terminou com a sua vida. Não terminou com a vida mas terminou com a sua carreira, pois as lesões provocadas pela explosão fizeram com que a transferência para o Sporting fosse cancelada e Cadorin esse impossibilitado de praticar futebol.

A explosão que quase tirou a vida ao jogador ocorreu no ano a seguir a ter denunciado a tentativa de aliciamento por parte do FC Porto e Luciano d'Onofrio. Luciano d'Onofrio era há época empresário de jogadores de futebol sendo um dos amigos pessoais de Pinto da Costa.

Já por essa altura o empresário era procurado pelas autoridades tendo inclusive estado preso, e há altura havia fortes indícios de ligações com máfias e tráfico de armas.

A verdade é que desta historia existem muito poucas fontes e as que existem abordam pouco o ocorrido. Há anos atrás um jornal ainda tentou entrevistar Cadorin e saber o que de facto se passou naquela semana do jogo contra o FC Porto, o já falecido Cadorin apenas afirmou que queria continuar a gozar a sua vida em paz e que não queria mais problemas na sua vida devido a tudo o que se passou.

Infelizmente Cadorin já não se encontra entre nós, tendo falecido em Liège a 10 de Setembro de 2007 aos 45 anos de idade. Que descanse em paz, foi dos poucos que teve a coragem de denunciar a corrupção.

Declarações da filha de Cadorin:
Numa entrevista ao blog do Portimonense, a filha de Cadorin confirma que o FC Porto tentou manobras de corrupção, para vencer o Portimonense, numa das mais gloriosas épocas do clube de Portimão. Cadorin rejeitou a proposta dos corruptos: 500 contos e um contrato para época seguinte, em troca de um penálti...

Eis a filha de Cadorin, em discurso directo: "Luciano D’Onofrio fez uma tentativa de corrupção sobre um jogo do Portimonense contra o FC Porto (o meu pai fala disso numa reportagem que poderás ver no DVD). O incidente ocorrido no Verão de 1986 foi apenas um infeliz acidente que acabou por ser dramático para a nossa família".

Cadorin acabou mesmo por ser decisivo nesse jogo e apontou o golo da vitória do Portimonense. São histórias que o vento levou, mas que este site traz para o presente. Porque o FC porto é a mentira desportiva..." - blogue "FCP, 30 anos de mentira desportiva".

-------------------------------------

"Os nefastos 45 minutos disputados com o FC Porto na quarta-feira deixaram mossa na Amoreira. Apenas três dias depois, o lateral-esquerdo brasileiro Abner, de 21 anos - mereceu nota 3 de A BOLA -, que estava cedido desde agosto pelo Real Madrid Castilla, a equipa B dos merengues, foi devolvido, terminando assim, de forma prematura, o empréstimo. Abner acumulou em 10 jogos na Liga e um na Taça da Liga." - A Bola.

Onde está a proactividade de Fernando Gomes e da FPF quanto a casos de corrupção ou aliciamento? 

A FPF vai ou não investigar? O Estoril denuncia ou não ao Ministério Público a situação?

Os Grandes Enormes dentro de portas, com a Europa a dar justiça às distâncias

Avatar
 ●  + 44 comentários  ● 

Vitória difícil em Paços de Ferreira de um Benfica com uma alma imensa. E quando uma equipa nossa é capaz de dar a volta a um jogo importantíssimo daquela maneira, à base da raça, do suor e do brio, em que se sente que cada jogador quis aquela vitória tão ou mais do que o mais fervoroso dos adeptos, o sentimento no final só pode ser de orgulho e apoteose.

Rui Vitória está de parabéns pelo percurso do Benfica nos últimos dois meses, onde se prova também que quando uma equipa não joga não é muitas vezes porque os jogadores não querem e não correm, como tantas vezes se diz. Até porque se há algo que tem de se dizer nos últimos anos, em épocas de vacas magras e em que se tem tido plantéis cada vez com menos qualidade sem que isso signifique o baixar da exigência, é que se o Benfica tem sido capaz de continuar a ganhar é precisamente por ter um grupo de jogadores com uma alma extraordinária e que tem sabido traduzir essa alma em pontos, em diferenças mínimas que fazem a diferença entre os vencedores e os vencidos.

E felizmente, Rui Vitória corrigiu uma série de erros, desde o sistema de jogo, ao guarda-redes, ao equívoco Felipe Augusto, até ao importantíssimo emagrecimento do plantel em Janeiro último conseguindo-se aí um grupo mais pequeno e homogéneo em que todos os jogadores sabem que contam. E quando os jogadores acreditam naquilo que estão a fazer e sentem que a manta não está sempre a destapar em algum lado, as coisas começam a fluir com naturalidade!

Pode-se também dizer que a estabilização de Cervi na ala esquerda tem sido importante, como importante tem sido Rúben Dias, como importante foi Krovinovic na indicação daquele que era o rumo certo, como importante tem sido o vislumbre ao fim de tanto tempo de algum sumo que começa a sair de Rafa e Zivkovic, tal como importantíssimo pelas piores razões tem sido o facto de andarmos há algum tempo a fazer apenas um jogo por semana, permitindo por exemplo a jogadores como Jonas, Fejsa e Grimaldo apresentarem-se em condições físicas aceitáveis em todos os jogos em que são precisos.

Estou rendido a esta equipa? Sim, rendido à alma dos “nossos” jogadores e à melhoria das suas performances que tem servido para competir e ganhar a nível interno contra adversários quase todos bem mais fracos do que nós. Mas daí a dizer que acho que o Benfica tem subitamente um grande plantel capaz de me dar qualquer esperança de que se tivesse por exemplo de recomeçar a Liga dos Campeões neste momento seria capaz de somar mais do que 4 ou 5 pontos, vai uma grande distância.

Acho que às vezes é facílimo fechar-nos neste campeonato português plantado à beira mar, e pensar-se que existe um grande campeonato, com três grandes equipas de Benfica, Porto e Sporting na sua melhor forma de sempre, em virtude dos records de pontos que vão conseguindo ano após ano.

Olhamos para um FCP por exemplo com 23 jogos, 19 vitórias e 4 empates (sendo que dois deles foram contra SLB e SCP), e um gajo até pensa que em Portugal os GRANDES são realmente ENORMES!

Mas não são, e é quando nos exibimos na Europa e vemos um Benfica com 0 pontos na Champions, um Porto a levar 5 de um Liverpool ou um Braga a levar 3 do Marselha, que se percebe que o domínio ESMAGADOR dos três grandes em Portugal é muito mais sustentado num campeonato com 12/13 equipas (CADA VEZ MAIS) fraquíssimas do que num qualquer acréscimo de qualidade nos três grandes que dê para competir com outras equipas do “mesmo” campeonato mas de outras Ligas europeias.

E é por isso que quando ouço LFV anunciar mais do mesmo para a próxima época, eu não duvido de que mais do mesmo significará ser candidato ao título em Portugal (porque para derrotar 13/14 das 17 equipas deste campeonato até mesmo a mediania tem de chegar, até mesmo mantendo Varela na baliza, já que Graças a Deus a bola não chega a ele mais do que duas ou três vezes por jogo para a desgraça da baliza ser posta ainda mais a nu), mas quando se fala em sermos capazes de competir na Europa como eu anseio, continuaremos tão longe como estivemos este ano.

A este Benfica continua a faltar músculo e centímetros para competir na Europa e a outro nível... Olhando para o tal meio-campo “fantástico” do Benfica neste momento, alguém acredita que é com os rodas baixas e pesos pluma Rafa, Zivkovic e Cervi (podia juntar Grimaldo cá atrás) que vamos ganhar batalhas do meio campo contra equipas melhorzinhas, com Pizzi ainda a roçar a mediania, e um Fejsa que INFELIZMENTE, e apesar da sua qualidade, não chega para mais do que um jogo por semana?

Alguém conhece uma boa equipa europeia que tenha por exemplo um meio campo de setas como o Benfica tem, com três jogadores que só sabem jogar para a frente e em velocidade de ponta, mas que depois não sabem pensar o jogo, pausá-lo, por a equipa a respirar com bola sem a perder, tendo ainda a desvantagem de na hora da recuperação de bola estarem sempre em desvantagem fisicamente em qualquer duelo individual?

Em suma, talvez o erro aqui seja o ingénuo do Redmoon achar que o Benfica deveria ser capaz de competir também na Europa quando o foco deve estar dentro de portas, mesmo que o campeonato seja fraco, porque este é o campeonato que podemos realmente conquistar enquanto a Europa será sempre uma miragem.

Só que infelizmente, o meu Benfiquismo e a minha noção de grandeza do Benfica não me permite abdicar emocionalmente do sonho de ser também capaz de competir na Europa... E é importante que quem lidera o Benfica perceba que não pode abdicar disso, nem pode deixar que vitórias com Tondelas ou Paços de Ferreira lhes tornem cegos de uma realidade óbvia: Os Grandes Enormes dentro de portas, com a Europa a dar justiça às distâncias, distâncias essas que são cada vez maiores!





Caro Fernando Rocha, nós sabemos! Mas tentem disfarçar melhor que o Estoril

Avatar
 ●  + 16 comentários  ● 



Todos sabemos que o Portimonense vai receber o FCPorto e prestar a habitual vassalagem... aquela que prestam na hora de fazer "esquemas" como a transferência do Danilo (ex Marítimo). Tal como o Estoril, se se portarem bem, o Portimonense não descerá nem que jogue com 9 até final da época e aos jogadores não faltarão ordenados...

Mas gostavamos de pedir ao Fernando Rocha, um senhor seguraente respeitável, que pelo menos incentive os jogadores a disfarçarem melhor que os do Estoril.

Por falar em Estoril, recordo aqui a EVIDÊNCIA exposta pelo mister Ivo Vieira para que o Portimonense possa fazer um teatro menos exposto:


"O jogo foi preparado de forma natural, como os outros. (...) Sabíamos que o FC Porto ia entrar forte e preparámos isso. (...), mas dava dó ver o Estoril hoje em campo. Um jogo aquém mas estes atletas têm de repensar o compromisso que têm com uma equipa como esta. Não basta vestir a camisola, têm de dignificar a mesma. Uma coisa é perder, sendo competentes e dando o seu máximo, agora com um comportamento destes temos de repensar a nossa atitude. Não se justifica este comportamento em 20 minutos quando estávamos em vantagem. Se pensarmos que todos nós queremos o melhor, com este comportamento em campo, não conseguimos alcançar outros patamares." in Record

Acho que dispensa qualquer investigação! É óbvio e gritante o que se passou em campo....

recentes

ranking

EM DEFESA DO BENFICA